19 pessoas foram presas acusadas de assaltos, tráfico e homicídios no Litoral Norte

03/05/2012 09:04

 

Foto: Márcio Rangel
Dezenove pessoas - entre elas quatro mulheres - foram detidas na madrugada desta quinta-feira (3), acusadas de assaltos, tráfico de drogas e homicídios na região do Litoral Norte. As prisões fazem parte da Operação Vale do Mamanguape deflagrada pelas policias Civil e Militar. De acordo com o repórter Márcio Rangel, a operação foi realizada após cinco meses de investigações. Após o levantamento dos dados, os policiais realizam o cerco com o objetivo de cumprir 16 mandados de busca e apreensão.
 
Segundo a polícia, a quadrilha agia nas cidades de Itapororoca, Mamanguape e Rio Tinto. Entre os presos, está o ex-presidiário Ricardo Severino da Silva, 21 anos, conhecido como ‘Ratinho e considerado o líder do bando. Foran apreendidos crack, maconha, uma pistola calibe 12 e 765, três revólveres ( 22, 32 e 38), dinheiro, armas artesanais e computadores. Os homens serão encaminhados para a Cadeia Pública de Rio Tinto e as mulheres serão transferidas para o presídio feminino em João Pessoa.
 
Estão presos: o cabeleireiro Pedro Lindolfo da Silva, 37 anos, conhecido no submundo do crime como ‘Pedro da pedra’. De acordo com a polícia, o acusado vendia drogas no salão de beleza. João Gomes da Silva, 53, o ‘João Magro’ também foi preso.
 
Nomes de alguns criminosos:
 
Ednaldo Sales de Medeiros - 41 anos
Anailton Gomes Vieira - cobrinha - 49 anos
Ednaldo José da Silva- Dinho da Seresta - 29 anos
Valmir de Sousa Silva - 35 anos
Antônio Eugênio do Nascimento - Sil - 39 anos
Gendrio Cardoso da Silva - 42 anos
José Carlos da Silva - Carlão - 42 anos
Edson da Silva - 25 anos - acusados de vários homicídios em Itapororoca
Rogério de Lima dos Santos - 23 anos
John Deivd - 24 anos
Jairo Santos dos Anjos - 41 anos
Genuina Santos da Silva -
Três mulheres e uma jovem
 
Portal Correio / Hyldo Pereira
Foto: Márcio Rangel